Clube de Bridge Belo Horizonte
 
Declaração de um bridigista apaixonado

Bridge é um jogo tão sensacional que eu não me importaria de ser preso se eu tivesse três companheiros de cela, que fossem bons jogadores e que estivessem dispostos a manter o jogo durante 24 horas por dia.

Warren Buffett       

 
Páginas vistas em 2017
 
O que é o Bridge?

O Bridge é um esporte olímpico desde 1995.

Por que jogar Bridge?

  • É um jogo divertido
  • É um dos jogos de cartas dos mais populares do mundo
  • Não necessita nenhuma aposta em dinheiro para ser interessante
  • Tem uma lógica interna que é um desafio permanente
  • É apreciado por muitos como jogo de competição
  • Muita gente o joga socialmente e é bom para fazer amizade. 
  • É um exercício cerebral muito bom
  • Melhora a capacidade de resolver problemas
  • Melhora a capacidade de comunicação com o outro, de se colocar na posição do outro
  • É possível ser jogado por todas as idades, sexos, religiões, raças e nacionalidades

O Bridge é um jogo de cartas jogado numa mesa com quatro jogadores (duas duplas) e com as 52 cartas de um baralho. Cada jogador recebe 13 cartas. A esta distribuição: 13 cartas para cada um dos quatro jogadores, chamamos uma mão de Bridge.

Cada mão de bridge leva mais ou menos 10 minutos para ser jogada e uma sessão típica consistirá de muitas mãos. Uma das coisas interessantes sobre bridge é que, como existe um número muito elevado de possibilidades de mãos[1], a probabilidade de você receber a mesma mão duas vezes em sua vida é basicamente zero. Você terá  um novo desafio a cada mão!

O Bridge não é uma competição individual, a unidade é a dupla ou a quadra.

Embora existam situações que dependem exclusivamente da ação de um dos parceiros, a grande maioria exige a colaboração de ambos.

Não é um jogo de sorte. É um jogo de raciocínio e lógica. Todos os resultados do Bridge são comparativos, isto é, a pontuação é conseguida pela comparação de um outro desempenho com as mesmas cartas. O desenvolvimento do jogo não implica que as cartas sejam misturadas, o que quer dizer que, a mesma distribuição de cartas pode ser oferecida,  em diversas mesas, para diferentes jogadores.

Para fazer esta comparação, em tempo real, o Bridge Clube possui um sistema informatizado que transmite o resultado das mãos por radio frequencia a um servidor central. Ao final de um torneio (que é sempre uma comparação de diversas pessoas jogando com as mesmas cartas) você tem o resultado de sua participação.

O Bridge é em parte dedutivo (uma coisa me leva a pensar outra) e em parte probabilístico (eu tenho que correr riscos). O jogador está sempre fazendo julgamentos e tomando decisões: o que aconteceu antes é essencial para a tomada de decisão futura. É necessário compreender os acontecimentos de uma mão, levando também em consideração as inferências negativas: o que não foi feito ou dito.

Para ajudar no estudo e nas discussões didáticas sobre o jogo, o Bridge Clube oferece a impressão das mãos jogadas em cada torneio. Logo que você começar a jogar vai se familiarizar com esta escrita, que é muito simples.

Se voce deseja saber, ponto a ponto, a dinâmica e as regras do Bridge, clique em "Primeiros Passos" no menu ao lado.



[1] 53.644.737.765.756.488.792.839.237.440.000 (ou seja, 53 octilhões) de possibilidades de mãos diferentes para os quatro jogadores, de acordo com Vitor Mollo, em seu livro “Bridge Saga”

Aprenda Bridge - Estratégias - Táticas - Leilão - Carteio - Ataque - Dicas

Estamos disponibilizando a Apostila Básica de Bridge da Ferederação Paulista de Bridge confeccionada pelo Professor Leão Carvalho que gentilmente nos cedeu este material.

Basta clicar à esquerda na tarja cinza - Apostila de Bridge Básico - para baixar o arquivo em PDF

Dicas de Dona Clarice
Clique aqui para algumas dicas pessoais de uma Bridgista