Clube de Bridge Belo Horizonte
 
Declaração de um bridigista apaixonado

Bridge é um jogo tão sensacional que eu não me importaria de ser preso se eu tivesse três companheiros de cela, que fossem bons jogadores e que estivessem dispostos a manter o jogo durante 24 horas por dia.

Warren Buffett       

 
Páginas vistas em 2017
 
Primeiros Passos - Idéias Gerais
A Mesa de Jogo

Sente-se com mais três amigos numa mesa de jogos. Distribua todas as cartas de um baralho normal. São 52 cartas, 13 para cada um (os curingões não jogam). Serão sempre 4 pessoas à mesa. É conveniente e convencional, chamar as posições de cada um pelos pontos cardeais, Norte, Sul, Leste e Oeste. A razão disto é que estas mesmas cartas serão jogadas mais de uma vez, em mesas diferentes, para termos uma base de comparação. Os pontos no Bridge são conseguidos pela comparação da performance com as 4 mãos idênticas. Para que isto seja possível você não precisa misturar as cartas para jogar. Ao final de cada partida a distribuição das cartas é preservada e guardada na sua posição original.

O bridge é um jogo de parceria. Os parceiros sempre jogam nos lados opostos da mesa. Os adversários ficam de perfil.

Se você está em Sul, seu parceiro está em Norte e seus adversários em Leste/Oeste.

                  N

     O                    L

               

                 

                   S

As Vazas

Os pontos (que inicialmente chamaremos vazas) não são individuais, são da parceria. Trate bem o seu parceiro, você dependerá dele a todo o momento.

Muito bem!

O que está em disputa, neste momento, são 13 vazas!

O que é uma vaza?

Você pode já ter jogado outros jogos de cartas (Copas, King, Truco) em que a vaza tem o papel central. Se você conhece um destes jogos você já sabe o que é fazer uma vaza e o bridge vai ser moleza para aprender.

Mesmo que você não conheça estes jogos a noção de vaza e muito simples:

Cada um joga uma carta, das 13 que recebeu inicialmente. Quem joga primeiro determina o naipe que deve ser jogado nesta vaza. Todos que tiverem este naipe devem servir o naipe proposto. O jogador que ganhar joga uma nova carta e propõe um novo naipe a ser jogado na próxima vaza. Assim sucessivamente até que as 13 vazas sejam jogadas.

O numero 13 é então objeto de uma matemática muito simples:

Se a sua dupla faz 7 vazas, seus adversários vão fazer 6 vazas.

Se a sua dupla faz 10 vazas, seus adversários vão fazer 3 vazas.

13 é o numero mágico do bridge.

Pois bem, já que compreendemos a dinâmica básica do que podemos chamar de carteio no bridge, estamos prontos para um próximo passo.

Antes uma pergunta: Tendo-se em conta que o Ás é a maior carta e o dois a menor você poderia olhar sua mão e calcular quantas vazas você vai fazer?

Vou apresentar uma escrita de uma mão de Bridge. Temos a indicação dos naipes e o valor das cartas. o "A" é um ás, o "R" é um rei, o "Q" é uma dama e o "J" é um valete. O valor das outras cartas é dado pelo número: 10, 9, 8, etc..

Suponhamos a seguinte distribuição:

♠ ARQ ARQ ARQ ♣ ARQJ

Bom...Esta é fácil... eu tenho todas as maiores cartas...eu vou fazer 13 vazas e meus adversários não vão fazer nenhuma.

Eu certamente posso apostar que vou fazer 13 vazas

E se você tiver a seguinte mão:

♠ 432 432 432 ♣ 5432

Bom...neste caso eu acho que não vou fazer nenhuma vaza porque eu tenho as menores cartas do baralho

Bem...a não ser que eu seja o parceiro de quem tem a mão acima. Neste caso eu posso apostar que vou fazer 13 vazas.

Você deve se lembrar que as vazas são da dupla e não são contadas individualmente.

É claro que você pode brincar com o seu parceiro se você saiu com todas as cartas altas e ele com todas as cartas baixas, mas é só uma brincadeira. As Vazas são, tanto suas, como, de seu parceiro.

Você deve estar achando que é muito fácil. Basta eu chegar e apostar que vou fazer 13 vazas e fazer!!!!

Só que esta distribuição é raríssima.

Na maioria das vezes você tem que avaliar, com o seu parceiro quantas vazas vocês devem fazer para saber o quanto apostar.

Temos aqui uma segunda regra do Bridge. Precisamos apostar quantas vazas vamos fazer antes de começar o carteio!

A esta aposta, que é ao mesmo tempo comunicação e avaliação, chamamos de leilão.

O que é o Leilão?

Uma mão de Bridge é dividida em duas partes. A primeira delas são as apostas, que chamamos de Leilão. A segunda é o Carteio que vem logo após o Leilão.

Porque chamamos as apostas iniciais de Leilão?

Quando estamos leiloando alguma coisa é porque queremos vendê-la para quem estiver disposto a pagar mais. Quem der o lance mais alto compra aquilo que estiver sendo leiloado.

Normalmente utilizamos o Leilão quando não sabemos exatamente o preço daquilo que queremos vender.

No Bridge o que está à venda no Leilão é a possibilidade de cartear. O Leilão vai dividir a mesa de Bridge em duas partes. Quem ganhar o leilão vai tentar fazer as vazas que prometeu. Quem perder o leilão vai atacar e tentar fazer com que o número prometido de vazas não aconteça para que estiver carteando.

Antes de prosseguir precisamos de um conceito novo: O Trunfo

O Trunfo é um naipe que tem mais valor que os outros

Você se lembra de que quando um naipe é proposto, em cada vaza, eu sou obrigado a servir este naipe? Se alguém começa a vaza jogando o naipe de ouros eu tenho que jogar ouros também. É claro que se eu não tiver na minha mão o naipe que esta sendo proposto eu tenho que jogar uma carta de um outro naipe. Neste caso se eu tiver uma carta do naipe estabelecido como trunfo eu posso “cortar” e ganhar a vaza.

Isto acontece porque o naipe de trunfo tem mais valor e ganha a vaza independente do valor das outras cartas de outros naipes.

Você deve estar pensando que é melhor ter como trunfo um naipe que eu tenha mais cartas. Esta é uma das funções do Leilão. Somente quem vencer o Leilão, prometendo mais vazas, irá determinar qual o naipe vale mais que os outros.

Agora você de estar se perguntando qual a moeda que eu posso usar neste leilão.

Você vai usar como moeda a promessa de fazer vazas no carteio. É como se voce comprasse uma coisa hoje (momento do Leilão) para pagar no futuro (momento do Carteio)

Suponhamos que você ache que, se o trunfo for espadas, você e seu parceiro deverão fazer 10 vazas e seu adversário apenas 3 vazas. Então você poderá fazer um leilão até esta promessa. Mas seus adversários podem achar que farão 11 vazas se o trunfo for paus.

A função do Leilão é então:

1. Decidir quem carteia e quantas vazas deve fazer.

2. Decidir qual naipe será privilegiado

No Leilão você tem algumas vozes pré-fixadas. Por economia convencionou-se que quando uma pessoa fala no leilão ela esta prometendo fazer sete vazas ou mais (que é mais da metade das vazas).

Então para prometer fazer sete vazas se o trunfo for espadas basta dizer: 1♠ o quer dizer: uma espadas.

Que é 6+1 vazas se o naipe de trunfo for espadas.

Se não quiser prometer nada fale: Passo. Depois de três passos em seqüência o Leilão se encerra. Se, ao final do Leilão você achar que seus adversários prometeram mais do que podem cumprir você pode dobrar. Se ganhar, ganha dobrado, se perder, perde dobrado.

Você deve estar se perguntando: e se eu quiser prometer o mesmo número de vazas de meu adversário? Quem vai ganhar?

Para decidir isto convencionou-se que, prometendo o mesmo número de vazas, um naipe vale mais que o outro. O Naipe mais pobre no Leilão é ♣, depois ♦, depois , depois ♠ e, finalmente, Sem Trunfo: ST, o que quer dizer que não há privilegio de nenhum naipe.

A seqüência das vozes no Leilão seria então:

1§       1¨       1©      1ª      1ST

2§       2¨       2©      2 ª     2ST

3§       3¨       3©      3ª      3ST

4§       4¨       4©      4ª      4ST

5§       5¨       5©      5ª      5ST

6§       6¨       6©      6ª      6ST

7§       7¨       7©      7ª      7ST

São 35 vozes/apostas possíveis e, em algumas delas, ganhamos pontos a mais.

Estes pontos a mais são chamados "game" ou "Slam"

Ganham bonificação de game os seguintes contratos:

3ST - fazer 9 vazas sem naipe de trunfo

4©      4ª -  fazer 10 vazas com copas ou espadas como naipe privilegiado (trunfo)

5§       5¨ - fazer 11 vazas com paus ou ouros como naipe privilegiado (trunfo)

Ganham bonificação de pequeno Slam os seguintes contratos

6§       6¨       6©      6ª      6ST - fazer 12 vazas

Ganham bonificação de grande Slam os seguintes contratos

7§       7¨       7©      7ª      7ST - fazer 13 vazas

No leilão todas estas vozes devem ter um significado a partir de uma combinação prévia.

Esta combinação é denominada "Sistema de Leilão". Com isto, ao mesmo tempo que você esta disputando o Leilão com seus adversários, esta também informando o seu parceiro sobre como é sua mão. Isto permite fazer uma avaliação até onde se pode ir nesta disputa. Você não precisa ganhar todos os Leilões, você precisa ter uma boa avaliação do que está em jogo. Lembre-se que esta mesma mão será jogada, por outras pessoas, em outras mesas. Seus verdadeiros adversários são as pessoas que jogarão com suas cartas numa outra mesa.

Na Apostila ao lado temos a sugestão de um sistema de Leilão possível para voce jogar com seu parceiro.

Este sistema é aberto, não é secreto. Seus adversários devem saber a significação das vozes que você combinou previamente.

Finalmente, terminado o Leilão, você deve fazer as vazas que prometeu.  Esta promessa é denominada Contrato.

Passamos então à segunda parte do Jogo: O Carteio para quem venceu o Leilão (tentar fazer o contrato) e o Ataque para quem perdeu o Leilão (tentar derrubar o contrato).

Como Funciona o Carteio
Aguarde este texto